Equipe de Bacurau exibe o filme para os moradores do povoado onde foi filmado

Equipe de Bacurau exibe o filme para os moradores do povoado onde foi filmado

Os diretores Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, acompanhados da equipe de Bacurau – incluindo grande parte do elenco – se reuniram novamente com os moradores na localidade de Barra, em Parelhas, onde o filme foi rodado há pouco mais de um ano.

Lá, eles prepararam uma sessão especial ao ar livre na última quinta, 22 de agosto. Os atores se juntaram às 2 mil pessoas presentes: Sonia Braga, Fabiola Líper, Edilson Silva, Jamila Facury, Buda Lira, Danny Barbosa, Clebia Sousa, Eduarda Samara, Marcio Fecher, Ingrid Trigueiro e Luciana Souza.

“Foi muito especial trazer uma festa de cultura, de cinema, em Barra. O Brasil hoje precisa de cultura, de educação. Esse filme é sobre o Nordeste, sobre o país, sobre o mundo; É por isso que ‘Bacurau’ teve uma repercussão internacional tão grande e agora estamos vivenciando o mesmo impacto nas pré-estreias nacionais”, conta Kleber Mendonça Filho, um dos diretores do filme.

Juliano Dornelles, co-diretor, seguiu na mesma linha. “O filme pra mim ultrapassou o que a gente chama de missão cumprida. Os filmes precisam ser vistos e este está sendo visto. Além de ser selecionado para os principais festivais ainda teve ótima resposta de público, com essa energia forte rolando em torno do filme”, afirmou.

 

Encontrando o povoado

A equipe de Bacurau percorreu mais de 10 mil quilômetros passando por quatro estados do Nordeste. Tudo isso para encontrar a localidade de Barra, em Parelhas, Rio Grande do Norte. O pequeno povoado possui cerca de 30 casas e apenas uma rua. Dessa forma, virou a locação perfeita para a história, e serviu como uma cidade cenográfica. Na tela grande se tornou Bacurau, a comunidade que dá nome ao longa.

O longa conquistou três prêmios importantes no 23º Festival de Cine de Lima, no Peru: Melhor Filme, Melhor Direção (para Kleber e Juliano) e Prêmio da Crítica Internacional. Com estreia marcada no Brasil para 29 de agosto, Bacurau também conquistou o Prêmio do Júri no Festival de Cannes, bem como o prêmio de Melhor Filme na principal mostra do Festival de Cinema de Munique.

Bacurau também também foi selecionado para o Festival de Toronto (TIFF 2019) onde será exibido na prestigiosa Mostra Contemporary World Cinema. O filme também foi escolhido para representar o Brasil nos prêmios Goya, o equivalente ao Oscar na Espanha. Nessa premiação, está concorrendo a uma vaga na disputa pelo prêmio de melhor filme ibero-americano.

LEIA MAIS

Crítica: “Whindersson Nunes – Adulto”
Conheça a Lenda de Angra: Uma Tradição Mitológica Brasileira
Conheça rpm – mais uma série espanhola da Netflix
Confira a programação completa do 29º Cine Ceará

 

História e equipe de Bacurau

Ação, suspense e western permeiam a trama de Bacurau, o pequeno povoado some do mapa misteriosamente. A partir disso, seus moradores começam a presenciar estranhos acontecimentos, bem como uma série de assassinatos inexplicáveis. O elenco principal é composto por Sonia Braga, Udo Kier, Karine Teles, Barbara Colen e Silvero Pereira. Também fazem parte do elenco os atores Thomas Aquino, Antonio Saboia, entre outros. A equipe de Bacurau reúne diversos técnicos premiados no Brasil e no mundo.

Bacurau é a segunda coprodução Brasil-França, com a CinemaScopio do Recife, estúdio responsável por “O Som ao Redor” e “Aquarius”. Junto a eles, também está a SBS em Paris (que fez Elle, de Paul Verhoeven, e Mapa Para as Estrelas, de David Cronenberg). Bacurau também é uma coprodução com a Globo Filmes, Simio Filmes, Arte France Cinema, Telecine e Canal Brasil.

O longa é produzido por Emilie Lesclaux, Said Ben Said e Michel Merkt. Além disso, tem patrocínio da Petrobras e do Fundo Setorial do Audiovisual. O Funcultura (Governo de Pernambuco) e o CNC (Centre National de la Cinematographie, France) também ajudaram no financiamento do filme.

Equipe de Bacurau exibe o filme para os moradores do povoado onde foi filmado
Diretores e produtora Emilie Lesclaux _ cred Victor Jucá

 

Equipe de Bacurau exibe o filme para os moradores do povoado onde foi filmado
Equipe de Bacurau exibe o filme para os moradores do povoado onde foi filmado

 

Post Author: Luiz Henrique Oliveira

Nascido em Capão Bonito, criado em Itapetininga, residente de São Paulo. Gosta de filmes, de séries, de livros e de dar uns rolês aleatórios. Acha "O Poderoso Chefão" o melhor filme do mundo quando não lembra que "2001" consegue ser melhor. É religioso: tem muita fé em Stanley Kubrick.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *