criando-dion-netflix

Crítica: Criando Dion – 1ª Temporada

Chegou a Netflix na última sexta-feira (04) a série ‘Criando Dion‘, que nos conta a história do garoto Dion e a descoberta dos seus  super-poderes.

São várias as séries com temas de super-heróis, no entanto, ‘Criando Dion’ é de alguma maneira algo que entretém o espectador, divertida e nos trás interessantes reflexões.

Desse modo, a trama gira em torno de Dion, que mora com sua mãe e perdeu seu pai numa estranha tempestade em que seu corpo nunca foi encontrado.

Assim, mãe e filho tem um laço familiar muito grande, um sempre esta fortalecendo o outro.

Outro personagem importante na história é Pat, o padrinho de Dion e melhor amigo de Mark (pai de Dion). Ele e Mark trabalhavam juntos na mesma empresa e estudavam situações climáticas.

Logo o pequeno Dion descobre que consegue fazer coisas estranhas, como levitar objetos e se teletransportar. Dion, sua mãe e Pat vivem numa constante busca por respostas e uma maneira de controlar os poderes do garoto.

Depois de um tempo, descobrem que esses poderes foram herdados do seu pai e que possuem relação com uma viagem a trabalho que Mark havia feito a Islândia.

O que preocupa a todos, é uma tempestade misteriosa que vai atrás de todos aqueles que possuem esses poderes.

Enfim, Criando Dion é uma história que mantém a atenção do espectador, aborda questões como a perda de um ente querido, amizade, bullying, limites e racismo.

Veja a crítica no nosso canal:

Leia mais:

Coringa: Surpreendentemente perturbador envolvente;

Post Author: Pâmela

Paranaense, 24 anos. Moça que curte tecnologia, jogos, filmes, livros e séries.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *