klaus-netflix-natal

Crítica: “Klaus” – Divertida animação de natal

Entrando em clima natalino, estreou na Netflix dia 15 de novembro a animação de natal – Klaus. E com tantas histórias por aí sobre o natal, a animação trás a história do velho e querido papai noel pelo ponto de vista principal de outro personagem.

A trama nos conta a história de Jesper um jovem mimado que recebe a missão de ser carteiro em uma cidade muito distante e que só poderá voltar para sua boa vida se atingir uma meta de entrega de cartas.

O problema é a cidadezinha. Seus moradores vivem numa constante briga entre duas famílias que já dura anos.

Aí é que está a questão. Numa cidade em que as pessoas se odeiam o dia todo, quem enviará uma carta ao outro?

Jesper tenta de tudo, até encontrar o velho lenhador Klaus que vive numa cabana isolada da cidade. E a partir dessa amizade, os dois juntos tentam mudar a situação dessa cidade.

Nessa animação natalina nós aprendemos de onde surgiram alguns fatos sobre o papai noel, como o porque do uso das renas, sua risada, a construção de brinquedos, entre outras curiosidades.

Acredito que a maior mensagem que a animação trás é o lema de Klaus: “Um ato gentil de verdade sempre gera mais gentileza”.

A história é divertida, personagens cativantes, uma trama leve e marcante.

Confira o trailer:

Leia mais:

Angel Has Fallen: Invasão ao serviço secreto;

Doctor Sleep ou O iluminado 2?

Post Author: Pâmela

Paranaense, 24 anos. Moça que curte tecnologia, jogos, filmes, livros e séries.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *