This War of Mine chega ao Brasil em versão para jogo de tabuleiro

O anúncio que estremeceu a comunidade boardgamer em 2018 chega ao Brasil nesta sexta-feira, 11 de janeiro. This War of Mine, que tem o mesmo título do jogo homônimo para videogame, leva os participantes a imergirem em uma narrativa que vai mexer com as emoções. No jogo, as pessoas controlam um grupo de sobreviventes numa zona de guerra. Para sair com vida é preciso resistir ao frio, fome, sede, doenças, depressão, ao ataque de outros grupos e a ameaças diversas.

This War of Mine é extremamente imersivo e realista. Dessa forma, torna-se uma experiência única, que provoca a reflexão sobre as condições da guerra e envolve difíceis decisões morais. Por isso, é indicado para pessoas acima de 18 anos. De 1 a 6 jogadores, o jogo é cooperativo e funciona tanto em grupo como em uma experiência solo. As partidas são cheias de história e levam de 45 a 120 minutos.

Essa adaptação para board game é baseada em um dos maiores indie-games dos últimos anos. Além do mais, oferece uma experiência que é difícil de encontrar em qualquer outro jogo de tabuleiro. This War of Mine adota o conceito de ‘monte e jogue’, sem necessidade de ler o manual para começar a jogar.

O produto pode ser adquirido em uma das mais de 500 lojas parceiras por todo o Brasil. A lista está disponível neste link: https://www.galapagosjogos.com.br/lojas. Além disso, pode ser encomendado através do e-commerce da Galápagos: https://www.galapagosjogos.com.br/produtos.

 

"This War of Mine" chega para a versão em tabuleiro tentando repetir o êxito do jogo em outras plataformas.

 

“This War of Mine”: das telas para as mesas

Uma série de jogos de videogame têm sido adaptados para a versão boardgame. É o caso do Civilization: Um Novo Amanhecer, recém-lançado pela Galápagos. Um jogo de conquistas, exploração, combate e poder, de 2 a 4 jogadores. Dessa forma, torna-se ideal para quem gosta de se sentar à mesa e curtir um excelente jogo de estratégia.

A empresa também anunciou a vinda para o Brasil do Fallout: Board Game.  O jogo permite aos fãs explorarem, por meio de miniaturas ricas em detalhes, cartas e tabuleiro de alta qualidade de impressão, um mundo desolado por um conflito nuclear, enquanto precisam lutar contra outras facções que também tentam sobreviver. O jogo, para até quatro pessoas, é cooperativo e apresenta dilemas em que o grupo vai tomar decisões que vão afetar toda a história que se desenrola ao longo da partida.

Post Author: Luiz Henrique Oliveira

Nascido em Capão Bonito, criado em Itapetininga, residente de São Paulo. Gosta de filmes, de séries, de livros e de dar uns rolês aleatórios. Acha "O Poderoso Chefão" o melhor filme do mundo quando não lembra que "2001" consegue ser melhor. É religioso: tem muita fé em Stanley Kubrick.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *