Critica: Mayans M.C. – 1ª temporada

Desconfiança ou Hype? Era o que todo fã de Sons of Anarchy tinha em seu coração desde o anúncio do spin off da mesma. Porém ,o novo trabalho de Kurt Sutter seguiu um novo rumo sem esquecer das raízes. Logo de cara, todo o fã service e referências a SOA eram claros. Desde trechos de conversas, personagens, e até participações de outras filiais e até mesmo a de REDWOOD.

 

Nessa nova fase, quatro anos após os eventos de SAMCRO, estamos em Santo Padre. Aqui, conhecemos um novo protagonista. É impossível para um fã de Sons of Anarchy não olhar pra ele e buscar alguma comparação com Jax Teller (Charlie Hunnam). No entanto, o que Ez – ou Ezekiel, como preferir – (Jd.Pardo) supre essa desconfiança inicial. No fim das contas, acaba por agradar a maioria. A sensação de voltar a todo aquele universo é gratificante. A trama termina sua primeira temporada mostrando que tem força e personalidade. Além disso, mostra que não é nenhuma sombra, e sim uma expansão do universo já estabelecido.

Dessa forma, podemos dizer que “Mayans M.C.” é uma série que honra sua origem. Ao mesmo tempo, também cria uma linha narrativa nova. Essa nova diretriz é fácil de acompanhar, seja para fãs de SOA ou não. No entanto, não se pode esperar uma temporada brilhante.

Apesar de alguns pontos fracos na trama e no elenco, vale lembrar que Sons of Anarchy não tem uma primeira temporada brilhante. Isso considerando que tinha um elenco superior a Mayans. O que nos resta agora é vestir nosso colete, montar em nossa King Road e aguardar a 2ª temporada da obra de Kurt Sutter.

Post Author: Thierry Reis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *