SOBRE CLÁSSICOS | “Os Bons Companheiros”, de Martin Scorsese

Em “Os Bons Companheiros“, conhecemos a verdadeira história de Henry Hill. A história, que foi dirigida por Martin Scorsese, nos faz mergulhar novamente no mundo da Máfia. O ano é 1955, e o pequeno Hill admira de sua janela os gângster e seus privilégios. Ele observa a forma sublime na qual aquele grupo tão notável […]

Valeu a pena assistir “Desventuras em Série”?

Por anos, os fãs da série de livros de Lemony Snicket (Daniel Handler) ficaram no limbo. Isso por causa da espera de continuação da adaptação cinematográfica de “Desventuras em Série” de 2004. O filme obteve bastante sucesso, e é difícil encontrar uma pessoa que ainda não o tenha assistido. Nomes de peso como os de Jim Carrey, Meryl Streep e Jude Law ficaram marcados por suas interpretações na obra. E, para o desalento dos fãs, a continuação nunca veio. Além disso, muito do que se passa na série de treze livros nunca foi contado na telona.

Read more about Valeu a pena assistir “Desventuras em Série”?

A contribuição literária, cinematográfica e televisiva de Stephen King

Uma garota com poderes telecinéticos atormentada pelo bullying e a perseguição religiosa. Um cachorro fora de controle durante um surto de raiva, onde é capaz de assassinar qualquer pessoa. Uma entidade que assume a forma de um palhaço macabro, que captura crianças e às leva ao submundo. Um carro assassino. Ratos gigantes que matam funcionários de uma fábrica.

Read more about A contribuição literária, cinematográfica e televisiva de Stephen King

“Gris” e as alegorias do luto, da depressão e da redenção

Gris” é um jogo que descobri quando estava sem muita coisa para fazer em casa. Foi durante uma pesquisa, que me levou para uma página que falava sobre esse jogo, recém lançado. Consequentemente, lendo o curto artigo que encontrei, acabei encantado. Procurei, achei e joguei. E ao fim, fiquei sem palavras. Essa produção é, sem qualquer dúvida, uma produção gigantesca para falar de coisas que, até então, tratávamos apenas de forma particular.

Read more about “Gris” e as alegorias do luto, da depressão e da redenção

Por que “Castlevania” se tornou um sucesso da Netflix?

Em 1986, a empresa japonesa de jogos eletrônicos Konami lançou o game “Castlevania”. Com o título original de “Akumajo Dracula”, o jogo que alcançou sucesso mundial nas décadas seguintes. Assim, ganhou versões para as mais diversas plataformas, com lançamentos que vão da década de 1980 até meados de 2010.

Read more about Por que “Castlevania” se tornou um sucesso da Netflix?

Para entender a nossa existência, é preciso autoconhecimento

Estamos nós, seres humanos, sujeitos ao mero acaso no Universo? Existe algum sentido para a nossa existência individual e a da nossa existência conjunta enquanto cidadãos do planeta Terra?

Read more about Para entender a nossa existência, é preciso autoconhecimento

Você tem que dar uma chance a “Origin”, série original do YouTube

Em maio de 2018, a plataforma de vídeos YouTube anunciou o relançamento do seu serviço YouTube Premium. Antes, o serviço tinha o nome de YouTube Red. Agora, o novo serviço de streaming chegou trazendo algumas produções originais dos criadores da plataforma. Uma delas foi a série de ficção científica “Origin”.

Read more about Você tem que dar uma chance a “Origin”, série original do YouTube

“The End Of The F***ing World” é mais profunda do que aparenta

À primeira vista “The End Of the F***ing World” parece ser uma simples série de comédia britânica. Aparentemente, ela não traz nada de novo ou até mesmo nada muito atraente, se comparada a outras produções da Netflix. Baseada nos quadrinhos de Charles Forsman, esta não é uma história cheia de piadas engraçadas ou algo que te faz rir.

Read more about “The End Of The F***ing World” é mais profunda do que aparenta

“Alias Grace” leva o espectador a se questionar

Não é possível dizer onde está a linha que divide o que é real do que é ficção em “Alias Grace”. A minissérie de apenas seis episódios chegou a Netflix em 2017, com direção de Mary Harron. A diretora é conhecidíssima por seu trabalho no filme “Psicopata Americano” de 2000.

Read more about “Alias Grace” leva o espectador a se questionar